Superlua

Blog Mulher Fashioon Oficcial Moda, Lançamentos, e Variedades


Superlua
Daqui a alguns dias, a Lua estará mais perto de nós do que o comum. Na verdade, ela não se mostra tão atrevida há algumas décadas. Na véspera do próximo dia 14, será possível observar a maior Superlua em quase 70 anos. 
Mas do que se trata o fenômeno? De acordo com a astrônoma britânica Heather Couper, as superluas são resultado de uma "casualidade".
"A Lua gira ao redor de uma órbita elíptica, e se a Lua Cheia coincide com o ponto do trajeto onde está mais próximo da Terra, ela pode parecer absolutamente enorme", afirma.
Essa coincidência ocorrerá novamente no dia 14 de novembro e o fenômeno deve ser extraordinário por causa da proximidade: nesta data a Lua se encontrará a 48,2 mil quilômetros mais próxima da Terra do que quando esteve recentemente no seu apogeu - que é o ponto mais distante da órbita. O satélite não chegava tão perto assim desde 1948 e não voltará a fazê-lo até 2034.fique atento e de olho no céu a partir da madrugada de 13 de novembro até a madrugada do dia 14, pois este acontecimento só ocorrerá novamente daqui a mais ou menos 20 anos. Uma oportunidade única de presenciar um fenômeno incrível, bonito e um pouco raro de se acontecer.
Com exceção do eclipse da Superlua de 2015, não houve nem haverá por muito tempo uma Lua Cheia tão especial - mesmo que curiosamente tenhamos tido três Superluas consecutivas em três meses - a anterior ocorreu em 16 de outubro e a última será no dia 14 de dezembro.
É possível se preparar para aproveitar melhor o fenômeno e ainda identificar algumas "surpresas".
Cristian Vasile Lua Cheia Quando a Lua está mais afastadas da Terra se diz que ela está no 'apogeu'. No ponto oposto, o perigeu, ela pode chegar até 50 mil quilômetros mais próxima da Terra que no apogeu 1 

Qual é a melhor forma de ver uma Superlua?

A melhor maneira, claro, é para ir para um local aberto e tranquilo, longe das grandes cidades e da iluminação artificial muito forte e potente.
Como em qualquer outra Lua Cheia, o corpo celeste parece maior e mais brilhante quando aparece no horizonte. E o mesmo ocorre com as Superluas. Ainda que elas apareçam 14% maiores e 30% mais luminosas que as luas cheias comuns, são mais surpreendentes quando estão na linha do horizonte e não altas, no céu.
Na região da Lua que ficará visível no próximo dia 14 de novembro, há uma abundância de crateras causadas por impactos de meteoritos e atividade vulcânica de bilhões de anos atrás.
Os contrastes entre as áreas que refletem a luz do Sol (as montanhas) e as planícies que permanecem na sombra (os mares) pode ser convertido, com um pouco de imaginação, nas mais surpreendentes figuras.

No momento em que a Lua aparecer maior e mais brilhante, teremos uma excelente oportunidade para descobrir figuras ocultas e "desenhos" na superfície da geografia lunar.Uma das silhuetas mais reconhecidas é a de um coelho com grandes orelhas
Para quem nao viu aqui uma palhinha desta beleza 
  VEJA O VIDEO NO CANAL NESTE  LINK  https://www.youtube.com/watch?v=3Myy7BmaqvU

Um comentário:

  1. Nossa que bacana, você acredita que eu não sabia disso.
    e dia 14 de novembro cai bem no dia do niver da minha mãe.
    adorei as informações beijos


    Taynara Mello | Indicar Livros.
    www.indicarlivros.com

    ResponderExcluir

DEIXE SEU RECADINHO NAS POSTAGENS DIGA SE GOSTOU OU NAO E MUITO IMPORTANTE ,VISITE NOSSAS REDES E SIGA NOS

Visualizações

Arquivo do Blog

Configure your calendar archive widget - Edit archive widget - Flat List - Newest first - Choose any Month/Year Format

Pesquisar este blog

Siga nos

Parcerias


Parcerias

Elaine Gaspareto