Blog Mulher Fashioon Oficcial: Saude Blog Mulher Fashioon Oficcial: Saude
Mostrando postagens com marcador Saude. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Saude. Mostrar todas as postagens

Aguá de coco e seus Beneficos

Blog Mulher Fashioon Oficcial Sobre , Moda,beleza ,variedades, novidades ,lançamentos,cabelos,unhas, bolsas,resenhas e dicas!!!! Siga nossas redes 👗💄👜👢👠

Benefícios da água de coco

                 

Fonte de nutrientes

Os cocos crescem em grandes palmeiras conhecidas cientificamente como Cocos nucifera. Apesar do nome, o coco é uma fruta em vez de uma noz.
água de coco é o suco encontrado no centro de um coco jovem e verde, que ajuda a nutrir a fruta. À medida que o coco amadurece, parte do suco permanece na forma líquida, enquanto o restante amadurece na carne branca sólida conhecida como polpa de coco. Nessa fase de amadurecimento do coco o chamamos de coco seco, ou copra.
água de coco é produzida naturalmente na fruta e contém 94% de água e muito pouca gordura.
Um copo americano de água de coco é capaz de oferecer:
  • Carboidratos (9g)
  • Fibras (3g)
  • Proteínas (2g)
  • Vitamina C (10% da Ingestão Diária Recomendada - IDR)
  • Magnésio (15% da IDR)
  • Manganês (17% da IDR)
  • Potássio (17% da IDR)
  • Sódio (11% da IDR)
  • Cálcio (6% da IDR

Propriedades antioxidantes

Os radicais livres são moléculas instáveis ??que são produzidas nas células durante o metabolismo. Sua produção aumenta em resposta ao estresse ou à lesão.
Quando há muitos radicais livres, diz-se que o corpo está em um estado de estresse oxidativo, que pode danificar as células e aumentar o risco de doenças.
Pesquisas em animais expostos a toxinas mostraram que a água de coco contém antioxidantes capazes de modificar os radicais livres para que eles não causem mais danos.
Um estudo mostrou que ratos com problemas no fígado apresentaram melhora significativa no estresse oxidativo quando foram tratados com água de coco, em comparação com ratos que não receberam tratamento.
Em outro estudo, os ratos foram alimentados com uma dieta rica em frutose e depois tratados com água de coco. A atividade dos radicais livres diminuiu, assim como a pressão arterial, os triglicerídeos e os níveis de insulina.

Benefícios contra o diabetes

Uma pesquisa mostrou que a água de coco pode reduzir os níveis de açúcar no sangue e melhorar outros marcadores de saúde em animais diabéticos.
Em um estudo, ratos diabéticos tratados com água de coco mantiveram melhores níveis de açúcar no sangue do que outros ratos diabéticos que não consumiram água de coco.
Outro estudo descobriu que o fornecimento de água de coco para ratos com diabetes levou a melhorias nos níveis de açúcar no sangue e reduções nos marcadores de estresse oxidativo.
Além disso, a água de coco é uma boa fonte de magnésio, que demonstrou melhorar a sensibilidade à insulina e diminuir os níveis de açúcar no sangue em pessoas com diabetes tipo 2 e pré-diabetes.

Previne pedras nos rins

Beber bastante líquido é importante para a prevenção de pedras nos rins. Embora a águapura seja uma ótima escolha, um estudo sugere que a água de coco pode ser ainda melhor.
Os cálculos renais se formam quando cálcio, oxalato e outros compostos se combinam para formar cristais na urina. Estes podem então formar pedras. No entanto, algumas pessoas são mais suscetíveis a desenvolver essas pedras do que outras.
estudo feito em ratos com cálculos renais descobriu que a água de coco impede que os cristais grudem nos rins e em outras partes do trato urinário; e reduz o número de cristais formados na urina.
Os pesquisadores acreditam que isso ajudou a reduzir a produção de radicais livres que ocorreram em resposta aos altos níveis de oxalato na urina.
No entanto, este é apenas um estudo que investigou os efeitos da água de coco sobre pedras nos rins, mais pesquisas são necessárias nesta área.

Contribui para a saúde do coração

Beber água de cocotambém pode ser útil para reduzir o risco de doença cardíaca. Em um estudo, os ratos que consumiram água de coco tiveram reduções no colesterol e triglicerídeos no sangue. Eles também experimentaram reduções significativas na gordura do fígado.
Os mesmos pesquisadores realizaram outro estudo em que ratos foram alimentados com uma dieta semelhante e, incluindo a mesma dosagem de água de coco.
Após 45 dias, o grupo da água de coco teve uma redução nos níveis de colesterol e triglicérides semelhantes aos efeitos de uma droga usada para baixar o colesterol.
No entanto, é importante notar que esta foi uma dose muito grande. Em termos humanos, seria equivalente a uma pessoa de 68 kg consumir 2,7 litros de água de cocopor dia.

Reduz a pressão arterial

água de coco também pode ser uma ótima bebida para manter a pressão arterial sob controle.
Em um pequeno estudo, 71% das pessoas com pressão alta que ingeriram água de cocoexperimentaram melhorias significativas na pressão.
Além disso, outro estudo com animais descobriu que a água de coco tem atividade anti-trombótica, o que significa que ela pode ajudar a prevenir a formação de coágulos sanguíneos.

Possui benefícios após a prática prolongada de exercícios

água de coco pode ser a bebida perfeita para restaurar a hidratação e reabastecer os eletrólitos perdidos durante o exercício.
Os eletrólitos são minerais que desempenham vários papéis importantes no corpo, incluindo a manutenção do equilíbrio de fluidos.
Eles incluem potássio, magnésio , sódio e cálcio.
Doisestudos mostraram que a água de coco restaurou a hidratação após o exercício melhor do que a água e igual a bebidas esportivas com alto eletrólito.
Os participantes também disseram que a água de coco causou menos náusea e desconforto estomacal que as bebidas esportivas. No entanto, outro estudo comparando bebidas com alto teor eletrólito, descobriu que a água de coco tendeu a causar mais inchaço e dor de estômago.

Fonte de hidratação

água de coco é naturalmente adocicada e tem um sabor muito agradável. O ideal é consumir a água de coco direto do coco. Mas atenção, evite os canudinhos de convencionais. Pois eles podem ser prejudiciais para o meio ambiente. Conheça os problemas e a alternativas aos canudinhos nas matérias: "Canudos descartáveis e as soluções possíveis" e "Impactos e alternativas ao consumo do canudo de plástico".

Inflamaçoes no corpo como Combater

Blog Sobre , Moda,beleza ,variedades, novidades ,lançamentos,cabelos,unhas, bolsas,resenhas e dicas!!!! Siga nossas redes




13 Remédios Anti-Inflamatórios Naturais

A maioria das inflamações é causada principalmente pelos alimentos que ingerimos. Os alimentos industrializados, enlatados e os congelados tem maior chance de causar a inflamação.

A inflamação apresenta patógenos como as bactérias que podem invadir nosso corpo e nos deixar menos saudáveis.

No entanto, quando estas inflamações duram mais do que deveriam, podem se tornar um problema sério e causar uma doença grave.

Como, por exemplo, a obesidade muito comum nos dias de hoje, as pessoas não tem cuidado com sua alimentação e posteriormente só retornarão ao seu peso e saúde com dietas detox, a dieta dukan entre outras.

Saiba como você pode diminuir a inflamação com os 13 alimentos anti-inflamatórios que são indicados pela ciência.

1. Cúrcuma
Ela vem da índia, e é um tempero reconhecido pela sua cor amarela.

No entanto, nos últimos anos, essa espécie ganhou popularidade por suas propriedades anti-inflamatórias, propriedades que foram estudadas em múltiplas ocasiões.

A cúrcuma possui um composto ativo, conhecido como curcumina, que consegue diminuir a inflamação no nível molecular.

2. Azeite extra virgem
Um dos óleos mais saudáveis que existem é o azeite extra virgem, assim como o óleo de coco.

Destacada pelo seu alto teor de vitamina E, e vitamina K, bem como gorduras monoinsaturadas saudáveis, sendo o mais abundante em ácido oleico.

3. Peixes ricos em ômega 3
Existe uma variedade de peixes que são muito ricos em ácidos ômega 3, gordura saudável e essencial que não pode ser sintetizada pelo corpo humano.

Os ácidos ômegas-3 tem sido objeto de extensa pesquisa por causa de suas múltiplas propriedades terapêuticas e demonstrou que seu consumo em suplementos ou dieta diminui significativamente a inflamação.

4. Cacau (chocolate preto)
Os efeitos anti-inflamatórios do cacau são mais do que comprovados.

No que se referem às doenças cardiovasculares, os poli fenóis encontrados no cacau demonstraram melhorar os marcadores de inflamação em pacientes com alto risco de doença cardíaca, diminuindo assim a probabilidade de aterosclerose.

Os flavonoides de chocolate, uma variação de poli fenol, tem a capacidade de aumentar a biodisponibilidade do óxido nítrico, conhecido por manter o endotélio saudável com vários mecanismos, sendo um deles uma diminuição dos fatores inflamatórios.

5. Abacates
Os abacates são um fruto de uma combinação única de dioses.
Tem gorduras saudáveis, entre os quais é realçado o ácido oleico o que foi mostrado que colabora na redução dos níveis de marcador inflamatório C - proteína reativa.

O consumo de abacate proporcionará quantidades significativas de vitamina K, fibra, ácido fólico, vitamina C, potássio, certas quantidades de vitamina B e minerais.

6. Gengibre
O gengibre tem sido usado como um remédio natural contra muitas doenças ao longo dos anos.

Seu uso tem uma longa história e uma das propriedades mais conhecidas é a capacidade de servir como agente anti-inflamatório, pois possui um composto bioativo chamado gingerol, responsável por efeitos positivos na inflamação.

7. Frutos vermelhos
Os frutos vermelhos são um grupo de frutas que tradicionalmente cresceu no combate da inflamação, entre elas podem ser encontrados as amoras, framboesas, mirtilos e morangos.





Este tipo de fruta se destaca pelo alto teor de vitamina C, fibra e água, além de outros compostos vegetais.

Os frutos vermelhos têm antioxidantes da família antocianinas, um pigmento natural que lhes dá a cor vermelha, mas também possui efeitos anti-inflamatórios.

8. Cogumelos
Os cogumelos comestíveis são muito apreciados na gastronomia.
Existem variedades deles, mas tenha cuidado porque alguns podem ser venenosos.

Este grupo de alimentos caracterizou-se pelo baixo teor calórico e também por um grande número de substâncias que combatem a inflamação.

Aparentemente, eles podem ser eficazes na prevenção e melhora das doenças intestinais e inflamatórias, como a síndrome do intestino irritável.

No entanto, demonstrou-se que os efeitos anti-inflamatórios dos cogumelos são reduzidos consideravelmente após cozinhados.

9. Tomates
Os tomates são vegetais muito comuns em vitamina A, vitamina C, vitamina K e vários tipos de minerais como o potássio ou o magnésio. No entanto, outros compostos de tomate são a causa de suas propriedades anti-inflamatórias.

O licopeno é um pigmento natural, um antioxidante apontado pela sua capacidade de diminuir as respostas inflamatórias ligadas ao câncer.

10. Uvas
Como frutas vermelhas, as uvas possuem antocianinas, que já explicamos ser um composto antioxidante capaz de reduzir a inflamação.

De acordo com vários estudos, a melhora nos marcadores de inflamação produzidos pelo consumo regular de uvas pode reduzir o risco de diferentes tipos de doenças.

Doenças relacionadas à idade.

Doenças dos olhos.

Doenças cardiovasculares.

Da mesma forma, uma substância encontrada no resveratrol de uvas, tem muitos benefícios saudáveis, todos eles melhorando os níveis de inflamação.

11. Cerejas
Os antioxidantes encontrados nas cerejas, como catequinas e antocianinas, possuem importantes propriedades anti-inflamatórias.

Em vários estudos científicos, provou-se que o consumo regular de cerejas, acalma dores e reduz a inflamação indicada pelos exercícios físicos.

12. Pimentas / pimentões
As pimentas têm um grande número de substâncias com potentes efeitos anti-inflamatórios, por exemplo, capsaicina.

A quercetina, flavonoide antioxidante encontrada em pimentas tem sido associada à prevenção de inflamações e infecções, bem como à redução do estresse oxidativo e inflamação em pacientes com sarcoidose.

Outro tipo de antioxidantes, como o ácido sinapínico ou ferúlico obtido em algumas variedades de pimentas, também mostrou ter propriedades anti-inflamatórias.

13. Brócolis
Os brócolis são um vegetal cruciferante rico em vitamina K e vitamina C.

Devido ao seu teor de isotiocianato, principalmente sulforafano, o consumo de brócolis pode reduzir significativamente a inflamação e prevenir doenças como o câncer.

Para conseguir o cardápio grátis e os detalhes passo a passo da nutricionista, entre no seu navegador e digite dieta.blog.br tudo está na matéria: dieta dukan: dieta das celebridades perca 9 kg em 15 dias.

Confira o vídeo com os melhores alimentos anti-inflamatórios:
https://mkt.8dicas.com.br/r/b8bbdbeb7b1892717c20f8f22?ct=YTo1OntzOjY6InNvdXJjZSI7YToyOntpOjA7czo1OiJlbWFpbCI7aToxO2k6NzU7fXM6NToiZW1haWwiO2k6NzU7czo0OiJzdGF0IjtzOjEzOiI1OWVhMDY1ZDQ2NTNiIjtzOjQ6ImxlYWQiO3M6NDoiMTA2MiI7czo3OiJjaGFubmVsIjthOjE6e3M6NToiZW1haWwiO2k6NzU7fX0%3D&

Outubro Rosa - Câncer de mama: como prevenir?

Blog Sobre , Moda,beleza ,variedades, novidades ,lançamentos,cabelos,unhas, bolsas,resenhas e dicas!!!! Siga nossas redes

Outubro Rosa - Câncer de mama: como prevenir?

                           Cancer de mama doi ?

  Cancer de mama doi ?
OUTUBRO ROSA - Câncer de mama: como prevenir?


            Cancer de mama doi ?


Cerca de 25.000 casos de câncer de mama são diagnosticados anualmente, ou seja, em cada dez mulheres, uma vai sofrer com essa doença.

Embora seja um tipo de câncer que está associado muito mais às mulheres, a verdade é que os homens também podem sofrer, embora em uma porcentagem muito menor: um de cada 60.000.

Nos últimos tempos tem havido uma descoberta prematura da doença e por isso a mortalidade tem diminuído nos casos de câncer de mama.

Um dos fatores que tem ajudado na descoberta prematura é a campanha do Outubro Rosa, que mostra as formas de prevenção e dá maior visibilidade a doença, fazendo com que as pessoas fiquem mais atentas aos sintomas e suas prevenções.

Existem estudos que mostram que a cura vem aumentando desde 1999, de 71% para 85%.

Como posso detectar o câncer de mama?


                                                  Cancer de mama doi ?

Como regra geral, o câncer de mama geralmente é detectado em exames de rotina estabelecidos para tal controle ou por autoexame, dos quais a mulher pode notar um nódulo no peito e muito dificilmente o cancer de mama doi por isso é muito importante que as orientações de prevenção sejam seguidas.


Deve ficar claro que o autoexame de mama não é um método de diagnóstico, mas uma forma de prevenção.

É aconselhável para as mulheres que estão menstruando apalpar os seios uma vez por mês, geralmente no sétimo dia após o início da menstruação.

Isso ajuda com que as mulheres conheçam seus seios, facilitando a detecção de qualquer tipo de anomalia, desde que seja visível ou palpável.

As mulheres que já não têm menstruação também devem realizar esse autoexame, além de realizar mamografias regulares a cada dois anos, se tudo estiver bem.

Maneiras para prevenir câncer de mama

Quanto à prevenção deste tipo de câncer devemos deixar claro, o câncer não pode ser prevenido de forma absoluta e individual.

Você pode fazer ações preventivas de câncer de mama, ou seja, as pessoas podem atuar para diminuir a incidência ao nível da população.

O médico recomenda usar esses métodos para prevenir o câncer de mama:

1 - Coma adequadamente seguindo a dieta mediterrânea: consumir frutas, aumentar o consumo de legumes, cozinhar com azeite, aumentar o consumo de fibras e reduzir a carne vermelha e gordura.
 
2 – Faça mamografias regularmente. É aconselhável fazer a partir dos 45-50 anos, além dos autoexames mencionados anteriormente, que devem ser realizadas a partir dos 18 anos de idade.
 Prof. Rosi Feliciano escritora do blog http://dieta.blog.br/

Cuide se Saude e tudo

Estudos indicam que ficar sentado por muito tempo nao faz bem a saude veja

                     


Sentar faz mal. As pesquisas provam. Mas por que isso que acontece? O que ficar sentado provoca no organismo humano a ponto de colocar nossas vidas em risco? Indiretamente, a culpa é do século 20. As profundas mudanças no estilo de vida e organização social e econômica criaram empregos que envolvem pouca, quase nenhuma, atividade física. Entre 1980 e 2000, o tempo que os americanos passaram sentados aumentou 8%. Tudo isso é incompatível com o desenho do nosso corpo, que simplesmente não foi projetado para passar longas horas sentado.
Sentar, basicamente, é responsável por desencadear uma série de problemas metabólicos no corpo humano. Em entrevista ao jornal The New York Times, James Levine, pesquisador da prestigiosa Clínica Mayo, resumiu bem a questão. "Passar muito tempo sentado é uma atividade letal", afirmou. Assim que você se ajeita na cadeira, uma série de processos negativos tem início em seu corpo: a atividade elétrica dos músculos da perna é cessada, a queima de calorias cai para apenas uma por minuto (o normal é queimar entre 3,5 e 5,5 calorias nesse período) e a quantidade de enzimas lipoproteínas lipase, que ajudam a quebrar a gordura, é reduzida em 90%. Após duas horas (pare para pensar há quantas horas você está sentado...) o colesterol bom, que evita a formação de placas de gordura nas artérias, diminui 20%. Com mais tempo ainda sentado, a eficácia da insulina cai 24%, aumentando o risco de diabetes.
O maior prejudicado é o coração. A inatividade provocada pelo excesso de tempo sentado provoca mudanças prejudiciais nos músculos, aumentando a resistência à insulina e do nível de gordura no sangue, o que pode levar a uma série de problemas cardiovasculares.
E ainda um inconveniente para os que passam muito tempo sentado: o problema não pode ser resolvido apenas com exercícios. Estudo desenvolvido na Universidade de Sydney mostrou que os efeitos nocivos existem mesmo para o indivíduo que costuma praticar atividades físicas regularmente. Exercitar-se e alimentar-se bem não basta nesse caso. É preciso, antes de tudo, diminuir o período no qual permanecemos sentados.


Topo